quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Em observação, no Psicologia e Coaching - 361

Hoje é quarta feira. São 07:46.

Estou no consultório Psicologia e Coaching sentada a mesa.

Ao meu lado direito, uma porta aberta. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia. 

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O celular bipa. Whatsapp da Lúcia.

Volto ao silêncio.

O celular bipa. Email da Adriana.

Volto ao silêncio.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Em observação, no Psicologia e Coaching - 360

Hoje é terça feira. São 08:12.

Estou no consultório Psicologia e Coaching sentada a mesa.

Ao meu lado direito, uma porta aberta. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

Em obseração, no Psicologia e Coaching - 359

Hoje é segunda feira. São 07:58.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada a mesa.

Ao meu lado direito, uma porta aberta. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O notebook bipa. Skype que iniciou. Bipa novamente. Notificação da HP.


Volto ao silêncio.


O celular e o notebook bipam. Whatsapp da Isabella. O celular bipa novamente. E-mail que chegou.


Volto ao silêncio.



sábado, 18 de novembro de 2017

Em observação, no táxi - 16

Hoje é sábado. São 08:46.

Estou no táxi, sentada.

Ao meu lado direito, porta e janela fechadas. Ao meu lado esquerdo, minha mochila. Na minha frente, um banco vazio.

- Isso mesmo. Não, perae. Isso. É aquele ali da frente, é. Isso mesmo.

- Isso que eu ia falar. Pode me deixar na Américas mesmo. Isso, agora a gente já sabe. Muito obrigada. Tá certinho. Muito obrigada. 

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Em observação, no táxi - 15

Hoje é sexta feira. São 20:07.

Estou no táxi, sentada. 

Ao meu lado direito, porta e janela fechadas. Ao meu lado esquerdo, minha mochila no banco. Na minha frente, um banco vazio.

- Eita... 

O celular bipa. Email da Marcella.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Em observação, no táxi - 14

Hoje é quinta feira. São 20:06.

Estou no táxi, sentada.

Ao meu lado direito, porta e janela. Ao meu lado esquerdo, banco vazio. Na minha frente, banco vazio.

O celular bipa. Email da Rithiele.

Em observação, na Smart Fit - 17

Hoje é quarta feira. São 09:48.

Uma mulher passa na minha frente.

Estou na Smart Fit, na bicicleta. 

O celular bipa. Whatsapp da Sandra. 

Um homem passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Uma mulher passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Uma mulher passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Um homem passa na minha frente.

Ao meu lado direito, uma bicicleta vazia. Ao meu lado esquerdo, uma bicicleta vazia.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Um homem.

Uma mulher passa na minha frente.

Um homem está na bicicleta ao meu lado direito.

Uma mulher passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Uma mulher passa.

Um homem passa na minha frente.

O celular bipa.

Uma mulher passa na minha frente bebendo água.

Uma mulher.

Um homem passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Um homem passa na minha frente. 

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Um homem passa na minha frente.

Uma mulher.

Um homem passa na minha frente. Uma mulher passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Um homem passa na minha frente.

Duas mulheres passam na minha frente.

O homem na bicicleta ao lado direito levanta e sai.

Uma mulher passa na minha frente carregando o celular.

Um homem passa na minha frente. É branco.

Uma mulher passa na minha frente carregando o celular.

Um homem passa na minha frente. É branco, magro, alto. 

Um homem passa.

Uma mulher passa na minha frente. É mulata.

Dois homens e duas mulheres passam na minha frente.

Um homem passa na minha frente. É branco, baixo.

Um homem.

Dois homens passam na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente carregando o celular.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma mochila. É branca, magra, loira, cabelo liso e comprido.

Uma mulher passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente. 

Uma mulher passa na minha frente carregando uma mochila. 

Uma mulher passa na minha frente. 

Um homem passa na minha frente carregando uma mochila.

Um homem passa na minha frente carregando uma mochila. É branco, baixo, gordo.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma mochila e uma garrafa. 

Um homem passa na minha frente. 

Dois homens passam na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente.

Uma mulher na bicicleta ao meu lado direito. É branca, magra, loira, cabelo liso. Veste bermuda preta, blusa branca e tênis preto. Tem o cabelo preso num rabo de cavalo. 

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Uma mulher.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma mochila. É branca, baixa.

Uma mulher passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma bolsa, uma sacola e um copo de água.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Uma mulher passa na minha frente carregando um celular.

Um homem passa na minha frente.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Dois homens e uma mulher passam na minha frente.

Um homem passa na minha frente carregando uma mochila. É branco.

O celular bipa. Whatsapp da Sandra.

Um homem.

Um homem.

Um homem passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente.

Uma mulher.

Um homem.

Dois homens.

Uma mulher.

Um homem passa na minha frente. É negro, baixo, magro. 

Uma mulher passa na minha frente carregando uma garrafa. É branca, baixa, magra, cabelo castanho.

Um homem passa na minha frente. É branco.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma bolsa. É branca, baixa, magra. Tem o cabelo curto.

Um homem passa na minha frente.

Uma mulher passa.

Um casal passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, baixa. Passa novamente. 

Um homem passa na minha frente carregando um pano. É negro, baixo, magro.

Um homem passa na minha frente carregando um celular.

Um homem passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente carregando um celular.

Um homem passa na minha frente carregando um celular.

Uma mulher passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente. É moreno.

Duas mulheres passam.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma vassoura.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma mochila. É branca, baixa, magra.

Um homem passa na minha frente. É mulato.

Uma mulher.

Uma mulher.

Um homem passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente.

 Uma mulher passa na minha frente carregando uma bolsa.

Um casal passa na minha frente. 

Uma mulher passa na minha frente. É branca.

Um homem.

Um homem.

Um homem passa na minha frente carregando uma mochila.

Um homem.

Um homem.

Um homem passa na minha frente. É branco, alto, magro, cabelo castanho. 

Uma mulher passa na minha frente. 

Uma mulher.

Um homem.

Uma mulher passa na minha frente.

Uma mulher passa.

Um homem passa na minha frente carregando um pano. É negro. 

Uma mulher passa na minha frente carregando uma garrafa.

Uma mulher.

Um homem passa na minha frente carregando uma mochila.

Um homem.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Em observação, no Psicologia e Coaching - 358

Hoje é terça feira. São 07:52.

Estou no consultório Psicologia e Coaching sentada a mesa.

Ao meu lado direito, uma porta aberta. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

Em observação, no táxi - 13

Hoje é segunda feira. São 20:51.

Estou no táxi, sentada. Ao meu lado direito, porta e janela. Ao meu lado esquerdo, minha mochila. Na minha frente, um banco vazio.

- Sei. Eu imagino. Eu imagino. É... Exato. Eu imagino. Eita... Deus me livre. Exato. Vi não. Eita. Ih, podia ter entrado aqui, ó. Não, dá para entrar aqui, na próxima. Eita... Aqui o senhor pode entrar na próxima a direita mesmo. É. Não, aqui é uma garagem. Na próxima a direita mesmo. Eu sempre entro nessa aqui mesmo. Eita. É. Eu sempre venho por aqui. É mesmo. Sei.  Poxa. Sei. Sei. É. Aqui a terceira a esquerda pra mim por favor, tá? Ah, que lindo. Minha filha também. Ali no final a minha direita. Muito obrigada. Amem. O senhor também. Ah, maravilhoso. Muito obrigada. Fica com Deus também. Muito obrigada

domingo, 12 de novembro de 2017

Em observação, no Psiologia e Coaching - 357

Hoje é sábado. São 08:35.

Estou no consultório Psicologia e Coaching sentada a mesa.

Ao meu lado direito, uma porta aberta. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia. 

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.