terça-feira, 6 de setembro de 2016

Em observação, na Rua Uruguaiana - 10

Hoje é segunda feira. São 06:44h.

Estou na rua Uruguaiana, sentada em um banco.

Ao meu lado direito, o banco vazio. Ao meu lado esquerdo, um vão por onde as pessoas passam. Na minha frente, a calçada por onde as pessoas passam.

Um homem.

Um homem passa na minha frente. É negro, alto, magro. Carrega uma mochila.

Um homem passa na minha frente. É mulato, magro, baixo.

O celular bipa.

Um homem passa na minha frente. É mulato, baixo.

Um homem passa na minha frente. É mulato, magro.

Uma mulher passa na minha frente. É mulata.

Um homem passa na minha frente. É negro, alto, gordo. Carrega uma mochila nas costas.

Um homem passa na minha frente. É mulato, magro, algo. Carrega.

Uma mulher passa na minha frente. É mulata, magra, baixa.

Um homem passa na minha frente falando ao celular. É negro, alto, magro.

Uma mulher.

Um homem.

Uma mulher.

Um homem passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente. É branco.

Um homem passa na minha frente.

Um homem passa.

Uma mulher passa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário