quinta-feira, 31 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 173

Hoje é quinta-feira. São 08:48h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O netbook bipa. E-mail que chega.

Volto ao silêncio.

O netbook bipa. E-mail que chega.

O celular bipa. Notificação na agenda.

Volto ao silêncio.

- Oi Sérgio, bom dia!

Volto ao silêncio.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 172

Hoje é quarta-feira. São 20:00h

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

terça-feira, 29 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 171

Hoje é terça-feira. São 07:49h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

O celular bipa. Whatsapp da Vanda.

Volto ao silêncio.

Paciente chega.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 170

Hoje é segunda-feira. São 07:41h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

Paciente chegou.

sábado, 26 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 169

Hoje é sábado. São 08:57h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

O celular bipa. Notificação da agenda.

Volto ao silêncio.


Paciente chegou.

sexta-feira, 25 de março de 2016

Em observação, na dentista - 10

Hoje é sexta. São 08:02h.

Estou na dentista, sentada na recepção.

Ao meu lado direito, uma mulher sentada, segurando o celular, com fones de ouvido. É branca, magra, cabelo castanho, comprido. Veste short jeans, blusa laranja e tênis bege. Ao meu lado esquerdo, uma mulher sentada, segurando o celular e com a bolsa bege no colo. É branca, gorda, cabelo preto, preso. Veste calça jeans, blusa estampada, sapatilha bege. Na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

-Andreia? Diminui, por favor?

A mulher do meu lado direito diminui o fone de ouvido. Coça a perna. Tem as pernas cruzadas.

- Deixa eu abrir, que a garota não tá aqui.

A mulher ao meu lado esquerdo levanta.

Doutora Paula passa na minha frente.

A mulher ao meu lado esquerdo senta.

Cristiane passa na minha frente.

- Oi Luana. Tudo bem?

- Oi Cris. Tudo, e você?

- Tudo bem.

Doutora Paula passa na minha frente. Passa novamente.

A mulher do meu lado esquerdo levanta e passa na minha frente.

A mulher ao meu lado direito levanta.

Doutora Paula e Cristiane passam na minha frente.

Cristiane passa na minha frente. Ela é morena, alta, magra, cabelo curto, liso e castanho. Veste blusa e calça vermelha, como um uniforme. Passa novamente carregando uma pasta. Passa novamente.

- Bom dia.

- Bom dia.

Um homem passa na minha frente.

Cristiane passa na minha frente. Passa novamente.

Um homem passa na minha frente. Passa novamente. 

quinta-feira, 24 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 168

Hoje é quinta-feira. São 07:51h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

Paciente chegou.

sábado, 19 de março de 2016

Em observação, na Neide's Coiffeur - 13

Hoje é sábado, são 14:58h.

Estou na Neides Coiffeur, sentada na recepção.

Ao meu lado direito, um homem sentado. É moreno, magro, cabelo preto.

Moisés me chama.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 167

Hoje é sexta-feira. São 07:47h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.


quinta-feira, 17 de março de 2016

Em observação, no Infnet - 16

Hoje é quinta feira. São 10:10h.

Estou no INFNET, sentada no segundo andar.

Ao meu lado direito, uma cadeira vazia. Ao meu lado esquerdo, um vão por onde as pessoas passam. Na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 166

Hoje é segunda-feira. São 08:19h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

sábado, 12 de março de 2016

Em observação, no salão Ale Coifeur - 8

Hoje é sábado. São 14:07h.

Estou no salão Ale Coiffeur, sentada, fazendo as unhas.

Ao meu lado direito, uma cadeira com minha mochila em cima.

Ao meu lado esquerdo, um cabeleireiro sentado. Levanta.

Na minha frente, Ana faz minha unha do pé. Ela ri.

- Isso quer presente. É. Num papel de presente. Luaninha, minha filhinha, que você comeu suas unhas assim? Cortou tudo torta. Tava louca, possuída?

Ana tosse.

- Cortou a unha toda torta, Lu? Pois é. É a dor da beleza. Luana, tu tem alicate em casa? Quem comprou alicate? Você? Você fica se metendo de manicure e faz besteira. Pois é. Ela gosta. Ela é safada. Que horror, não posso maltratar minha cliente assim. Ela vai casar e vai me abandonar. Vamos ver se ela vem. Ela falou que vai vir. Quem? Eu acho que isso vai mudar a pele da pessoa. Sim. Quantos anos? 66? Ela já voltou, a Ana Maria Braga? Ela gosta muito de Portugal. É Maria de Fátima? Em Portugal, né? Mas o bonito dela é que ela não deixa cair o pique dela. Ela tá que tá. A Débora Evelyn? Ela era cheio de coisa na cara. Oi querida. Boa tarde. Vem, pega sua mercadoria e não fala nada? Aqui ninguém tem chefe aqui não. Não volta não. É, gente, a idade chega pra todo mundo. Não... Sim... Ninguém quer ser senhora, né? Mas ninguém quer morrer. 

sexta-feira, 11 de março de 2016

Em observação, no Infnet - 15

Hoje é sexta. São 14:21h.

Estou no INFNET, sentada no segundo andar.

Ao meu lado direito, uma caixa de doação de alimentos. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, um vão por onde as pessoas passam.

- Ei Jana. Tudo bem. Olá. Olá.

Nélio passa.

Flávia passa na minha frente.

- Ei. Tudo bem?

Uiara passa na minha frente. É morena, baixa.

Um homem passa na minha frente. É branco.

Um homem passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente.

Um homem passa na minha frente.

Agora ao meu lado direito, um elevador. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. E, na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

Um homem passa na minha frente.

Flávia passa na minha frente.

quinta-feira, 10 de março de 2016

Em observação, na dentista - 9

Hoje é quinta feira. São 08:45h.

Estou na Dentista, sentada na recepção.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

O celular bipa. Email da Marina.

O celular bipa. Whatsapp da Monique.

O celular bipa. Hangout da Viviane.

Cristiane passa na minha frente. Passa novamente.

O celular bipa. Whatsapp da Monique.

terça-feira, 8 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 165

Hoje é terça-feira. São 07:47h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Em observação, no Psicologia e Coaching - 164

Hoje é quarta-feira. São 07:50h.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma cadeira vazia.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O celular bipa. Whatsapp da Amanda Cristine e da Marcela.

Volto ao silêncio.

O celular bipa. Whatsapp da Amanda Cristine.

Volto ao silêncio.

O celular bipa. Notificação da agenda. Whatsapp da Marcela e da Raquel.

Volto ao silêncio.