quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Em observação, na Leader

Hoje é quarta feira. São 16:01.

Estou na Leader, no Centro, no terceiro piso, na fila do caixa. 

Na minha frente, um homem. Ele é negro, alto e um pouco gordo. Veste tênis preto, calça jeans, blusa social preta. Carrega uma bolsa/pasta preta. Na mão, uma sacola e sunga azul. Apóia o braço na cintura. Tira o braço da cintura e tira algo do bolso da calça. Coloca o celular no bolso. Ajeita a bolsa no colo. Está se balançando. Ajeita a bolsa no colo. 

Duas mulheres e dois meninos passam ao meu lado esquerdo.

O homem na minha frente mexe nas meias-calças na prateleira. Pára de mexer e se apóia na prateleira. 

Uma mulher passa ao meu lado esquerdo.

O homem na minha frente cruza as pernas. Descruza. Está dançando na fila. Se abaixa.  Se levanta. Cruza as pernas. Resmunga alguma coisa. Levanta a calça. Batuca.

Uma mulher passa ao meu lado esquerdo. É negra, alta, magra, cabelo preto, crespo, curto. 

- Só perguntar a alguém. Abriu um lá na ponta. Lá. Lá no foi finalzinho.

O homem na minha frente mexe e vê a sunga na sua mão. Parece infantil. 

Ele passa. Sou a próxima.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 55

Hoje é terça-feira. São 8h19.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O celular bipa algumas vezes. Whatsapp da Sandra. E-mail da Sandra. Whatsapp da Sandra.

Volto ao silêncio.

O celular bipa algumas vezes. Whatsapp do grupo Dinheiro no Youtube.

Volto ao silêncio.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Em observação, no Espaço da Mulher - 57

Hoje é segunda-feira. São 8h14.

Estou no Espaço da Mulher, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, uma cadeira com minha mochila em cima. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma mesa com várias cadeiras.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O celular bipa algumas vezes. Alguns whatsapp do Thales.

Volto ao silêncio.

O celular bipa. Whatsapp do Thales no grupo Psicólogos RJ.


Volto ao silêncio.

domingo, 28 de dezembro de 2014

Em observação, na Smart Fit - 3

Hoje é domingo. São 10:36.

Estou na Smart Fit, sentada à mesa. Ao meu lado direito, um bebedouro. Ao meu lado esquerdo, a mesa com duas cadeiras vazias. Na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

Um homem passa. Duas mulheres passam.

O André voltou.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 54

Hoje é quinta-feira. São 14h15.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa.

Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, a porta aberta. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 53

Hoje é quarta-feira. São 15h23.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, minha mochila e uma sacola no chão (com minhas coisas de academia). Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, Adriana(*) faz o QUATI. Ela é branca, baixa, magra. Tem o cabelo castanho escuro, liso, meio curto. Usa óculos e veste uma blusa preta. Está fazendo o teste, com um braço apoiado na mesa e a caneta na mão.

Por aqui, luzes acesas e estamos as duas silenciosas.

Adriana(*) coça a testa, o cabelo. Tem a cabeça apoiada na mão. Coça o rosto. Ajeita o óculos.

- Olha aqui, eu marquei uma aqui, mas eu acho que eu não devia ter marcado, porque eu nunca tive um subalterno.

- Como você agiria se você tivesse.

- Então eu marquei errado.

- Puxa uma setinha e marque não, e marca o certo e puxa uma setinha e marque sim. Isso.

Adriana(*) vira a folha de testes e continua fazendo o teste. Um dos braços dela está apoiado na mesa e ela segura a caneta e faz o teste, normalmente. Estamos ambas silenciosas.

- Imagino esse meu teste e o teste da minha irmã...

Eu rio.

Voltamos ambas ao silêncio.

- Ih, vieram umas páginas em branco, é assim mesmo?

- Ah, desculpa. Não, veio errado. Na hora de grampear, grampeei errado.

- Esse práticos aqui, é práticos porque você tem que fazer...

- ... alguma coisa prática.

- Tá.

Voltamos ambas ao silêncio.

Adriana(*) coça o rosto, volta a fazer o teste e ri. A caneta está na sua boca. Continua a fazer o teste. Mexe no relógio sobre a mesa. Continua a fazer o teste.

Voltamos ambas ao silêncio.

- Ih... Eu quase marquei o sete, sem querer.

- Você marcou?

- Eu quase marquei, tá vendo?

- Risca o sete todo. O número e as letras. Isso.

Adriana(*) volta a fazer o teste.

Voltamos ambas ao silêncio.

Adriana(*) ri.

- Puta que pariu. Desculpa. O mais difícil foi o lazer, tá? Não sei se isso faz diferença, mas...

- Não...

Voltamos ambas ao silêncio.

- Terminei. Ah, deixa eu preencher o...

(...)

Adriana(*) está, agora, fazendo a redação. Estamos ambas silenciosas.

- Posso anotar em uma outra como rascunho?

- Pode.

- Só pra anotar uma ideia.

- Pode sim.

O celular vibra algumas vezes. Whatsapp da Elaine e do Alexandre.

(...)

Adriana(*) continua fazendo a redação. Estamos ambas em silêncio.

- Olha só. Já três erros para você...

Eu rio.

Voltamos ambas ao silêncio.

- É desilusão?

- É.

- É com S mesmo?

- Com S.

Voltamos ambas ao silêncio.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 52

Hoje é terça-feira. São 13h35.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Em observação, no SESC - 2

Hoje é sábado. São 17:12.

Estou no SESC de Copacabana sentada à mesa numa varanda externa.

Ao meu lado direito um grande espaço onde as pessoas passam. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, um grande espaço onde as pessoas passam.

Um homem passa e olha para mim. Passa novamente. É branco, magro, alto, cabelo grisalho, liso. Veste bermuda cinza e blusa amarela.

André chegou.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 51

Hoje é sexta-feira. São 17h24.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

A campainha tocou, paciente que chegou.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Em observação, no Espaço da Mulher - 46

Hoje é quinta-feira. São 8h43.

Estou no Espaço da Mulher, sentada à mesa. Ao meu lado direito, uma cadeira com minha mochila em cima. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma mesa com várias cadeiras vazias.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O celular bipa. Whatsapp do grupo “Dinheiro no Youtube”.


Volto ao silêncio.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Em observação, no Levitate - 5

Hoje é quarta-feira. São 11h13.

Estou no Levitate Spa, sentada na recepção, no sofá. Ao meu lado direito, parte do sofá vazio. Ao meu lado esquerdo, a porta de vidro, que dá acesso a área do Espaço Itanhangá. Na minha frente, um vão/corredor, por onde as pessoas passam.

Atrás do balcão, está a Edna, a recepcionista, digitando no computador. Não consigo vê-la, pois o balcão é alto e ela está sentada, atrás.

Por aqui, luzes acesas e apenas o barulho da Edna digitando no computador.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Em observação, no Espaço da Mulher - 45

Hoje é terça-feira. São 18h54.

Estou no Espaço da Mulher, no curso da Alba. Estou sentada à mesa. Ao meu lado direito, um móvel. Ao meu lado esquerdo, uma mesa. Na minha frente, um pequeno corredor por onde passam as pessoas.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 50

Hoje é segunda-feira. São 19h25.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes acesas.

O celular bipa algumas vezes. Whatsapp de paciente.

Agora, tudo silencioso por aqui.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 49

Hoje é quinta-feira. São 16h43.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

O computador bipa. E-mail que chegou.

Volto ao silêncio.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 48

Hoje é quarta-feira. São 15h03.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 47

Hoje é terça-feira. São 7h54.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, luzes apagadas e tudo silencioso.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Em observação, no Espaço da Mulher - 44

Hoje é segunda-feira. São 10h16.

Estou no Espaço da Mulher, sentada à mesa. Ao meu lado direito, uma cadeira com minha mochila em cima. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma mesa com cadeiras vazias.


Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Em observação, no Espaço da Mulher - 43

Hoje é quinta-feira. São 8h31.

Estou no Espaço da Mulher, sentada à mesa. Ao meu lado direito, uma cadeira com minha mochila em cima. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, uma grande mesa com varias cadeiras.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

Nada irá bipar, pois não tem internet e estou sem celular.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Em observação, no Levitate - 4

Hoje é quarta-feira. São 11h03.

Estou no Levitate Spa, sentada no sofá na recepção. Ao meu lado direito, parte do sofá vazio, com minha bolsa e celular em cima. Ao meu lado esquerdo, uma pequena mesa com um vaso com orquídeas. Na minha frente, um pequeno corredor / vão, por onde as pessoas passam.

Estou aqui sozinha. As luzes estão acesas e está tudo silencioso.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Em observação, no Psicologia e Coaching - 46

Hoje é terça-feira. São 11h24.

Estou no consultório Psicologia e Coaching, sentada à mesa. Ao meu lado direito, parede. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, duas cadeiras vazias.

Por aqui, tudo aceso e silencioso.