quarta-feira, 21 de junho de 2017

Em observação, no Medeiros Coiffeur - 2

Hoje é quarta feira. São 18:41.

Estou no salão Medeiros Coiffeur, sentada.

Ao meu lado direito, uma poltrona vazia. Ao meu lado esquerdo, um móvel. Na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

- Boa noite, tudo bem?

Um homem passa na minha frente. É branco. Senta ao meu lado direito.

Uma mulher passa na minha frente. 

O homem ao meu lado direito mexe no celular.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, magra, baixa, cabelo branco, liso.

Um menino passa na minha frente. É branco, baixo, magro, cabelo castanho, liso. Veste calça jeans, blusa de uniforme de escola, bota azul do Capitão América. Passa novamente.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, baixa, magra, cabelo castanho, liso. Veste calça jeans, blusa preta.

Uma mulher passa na minha frente. Passa novamente. Passa novamente.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, baixa, magra, cabelo castanho, curto e liso. Veste calça jeans, blusa preta, bolsa preta e chinelo havaianas.

Um homem passa na minha frente.

- É. Obrigada. É, só mão.

Um menino passa na minha frente. 

- Oi? Obrigada.

Um menino passa na minha frente. Passa novamente. É branco, baixo, magro, cabelo castanho, liso. Veste calça jeans, blusa de uniforme da escola, bota azul do Capitão América.

O homem ao meu lado direito mexe no celular.

Um homem passa na minha frente. Passa novamente. É mulato, magro.

O homem ao meu lado direito mexe no celular, no Facebook.

Uma mulher passa na minha frente carregando uma sacola. É branca, alta, magra. É loira, cabelo liso, e usa óculos. Veste calça branca e blusa branca.

- Pode ser aqui mesmo? Tá bom.

Ana senta na minha frente.

- Só. Só a mão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário