sexta-feira, 27 de março de 2015

Em observação, na dentista


Hoje é sexta feira. São 7h46.

Estou no consultório da minha dentista, em Copacabana, sentada na recepção.

Ao meu lado direito, uma cadeira com minha mochila em cima. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira vazia. Na minha frente, um corredor por onde as pessoas passam.

Por aqui, luzes acesas e tudo silencioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário