terça-feira, 29 de maio de 2018

Bréquifrái

O cenário era Botafogo. 10h30 de um sábado.

Eu passava e, como adoro camelôs, retardo o passo para ver o que tem nas bancas. E ouvir as conversas.

- Hoje eu vou lá no shopping, cara.

- É? Fazer o que, mermão?

- Comprar, oras. Eu vi que hoje tem bréquifrái.

- Bréqui-quem?

- Bréquifrái. Minha mulher falou. E eu vi na TV. 

- O que é isso?

- Também não sei. Mas vi que todas as lojas tão vendendo bréquifrái pela metade do preço, cara. Né possível. Tudo. Tudo vendendo bréquifrái. Eu vou lá, né? Ver, pelo menos. Se tiver algum bréquifrái que me interessa, eu compro.

- Acho que vou com tu então. 

(Escrito em 29/11/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário