quarta-feira, 31 de maio de 2017

Em observação, no táxi - 5

Hoje é quarta feira. São 19:48.

Estou no táxi, sentada. Ao meu lado direito, o banco vazio. Ao meu lado esquerdo, a porta. Na minha frente, o motorista dirigindo. Ele é negro, gordo, cabelo preto e curto. Usa blusa pólo azul.

Ele canta. Assobia.

- É, tá ruim aqui!

- É, trânsito ruim, né?

O celular bipa. Whatsapp da Myriam.

O motorista assobia. Canta.

- O cara não sabe o que quer fazer. Põe a seta e vai para o outro lado! Não pode...

- É. O senhor pode virar aqui a esquerda, por favor? Após o sinal ali, onde tem um toldo azul, um pouco mais a frente, por favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário