quarta-feira, 19 de julho de 2017

Em observação, no consultório (Centro) - 14

Hoje é quarta feira. São 11:23.

Estou no consultório da Dra Lúcia, sentada na recepção.

Ao meu lado esquerdo, um vão por onde as pessoas passam. Ao meu lado direito, um homem sentado. Na minha frente, um vão por onde as pessoas passam.

O homem ao meu lado direito é mulato, magro. Veste bermuda jeans, blusa pólo listrada, tênis verde.

André passa na minha frente carregando um copo de café.

O homem ao meu lado direito vê TV.

André passa na minha frente. Está vestido com calça jeans, blusa preta, casaco verde e tênis preto. Passa na minha frente novamente.

O homem ao meu lado direito boceja. Vê a TV e o celular. Funga. 

- Brigada, amor.

O homem ao meu lado direito funga. Boceja. Funga.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, gordinha, baixa.

Adriana passa na minha frente. É branca, baixa.

Uma mulher passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente.

O homem ao meu lado direito levanta.

Um casal passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente.

- Tu ficou com a minha habilitação. Vou precisar dela, eu acho.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, baixa.

​André senta ao meu lado direito. Mexe no celular.

Uma mulher passa na minha frente.

Uma mulher passa na minha frente. É branca, baixa, gordinha, cabelo loiro, comprido. Usa óculos. Veste calça preta, blusa social estampada, salto alto preto. Carrega uma bolsa, um casaco preto e uma sacola.

André guarda o celular no bolso e vê TV. Pega o livro e começa a ler.

O celular bipa. Mensagem da Chris.

Nenhum comentário:

Postar um comentário