quarta-feira, 30 de julho de 2014

Em observação, no Espaço da Mulher - 10

Hoje é quinta-feira. São 8h20.

Estou no Espaço da Mulher, no plantão, sentada em uma mesa.

Na minha frente, duas cadeiras vazias. Ao meu lado esquerdo, uma cadeira com minha mochila em cima. Ao meu lado direito, outra mesa com cadeiras, vazias.

Por aqui, tudo aceso e silencioso.

O celular bipa. Email que chegou.

Volto ao silêncio.

O celular bipa. Alarme da agenda.

Volto ao silêncio.

Zezé bate aqui na porta.

- Oi. Tudo bem... É menina... Caramba... Pois é... Tá bom. Então tá. Um beijo.

Ela sai. Eu volto ao silêncio. Zezé bate de novo.

- Hoje até 12h. Vou atender de 11h às 12h. Isso, é a filha dela que eu vou atender. Sei... É, depende do caso. Quer levar cartão? Leva os cartões. Isso. Aqui cobro entre R$ 20 e R$ 30. Até R$ 40. No meu consultório, é R$ 100, mas aqui até R$ 40. É... Claro. Leva os cartões, se você souber de alguém. Sim... Tá ótimo. Beijo, vai com Deus.

Ela sai. Eu volto ao silêncio.

O celular bipa. E-mail de candidata.

Volto ao silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário