quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Em observação, no escritório do pai -- 11

Hoje é quinta-feira. São 12h25.

Estou no escritório do pai, na sala de reuniões, sentada à mesa, esperando as candidatas de 12h.

Por aqui, janelas e portas fechadas. Luzes acesas. Tudo silencioso, apenas o barulho do ar condicionado.

Batem à porta.

- Entra!

- Chegou a Mayra.

- Vou pegar já, Gaeth. Obrigada.

Ela fecha a porta.

Vou entrevistar.

Agora são 12h59. Mesma coisa. Tudo silencioso, apenas o barulho do ar condicionado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário