quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Em observação, no escritório do pai - 14

Hoje é quinta-feira. São 13h12.

Estou no escritório do pai, na sala de reuniões, sentada à mesa, de frente para a mesa de reunião.

Por aqui, portas e janelas fechadas. Luz acesa. Ar condicionado ligado.

Na mesa de reuniões, Isabelle faz a redação. Ela é branca, magra, alta. É loira, tem o cabelo curto, liso, preso num rabo de cavalo. Veste calça jeans, blusa social preta. A bolsa bege, no seu colo. Uma mão pousada sobre a mesa e, a outra, escrevendo a redação. Tem uma ótima aparência e postura. Tem um piercing no nariz e uma tatuagem no colo que, com o decote da blusa, dá para visualizar parte dela.

- Terminei.

- Terminou? Vou te levar lá fora.

Estou de volta, aqui. No mesmo local. Agora, sozinha.

Tudo silencioso, apenas com o barulho do ar condicionado ligado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário