terça-feira, 10 de junho de 2014

Em observação, n'As Claras - 2

Hoje é quarta-feira. São 10h52.

Estou n’As Claras, no Shopping Itanhangá.

Estou sentada em uma mesa. Ao meu lado esquerdo, plantas. Na minha frente, uma cadeira vazia. Ao meu lado direito, um pequeno corredor onde as pessoas passam.

O celular bipa. Whatsapp do André.

Um homem passa. É branco, alto, magro, cabelo castanho, curto. Veste uma calça jeans, um casaco vermelho.

Dois homens passam.

O celular bipa. Whatsapp do André.

Uma mulher passa. É mulata, magra, baixa, cabelo preto, encaracolado, preso num rabo de cavalo. Veste calça social preta, blusa social azul e sapato social preto.

O celular bipa. Whatsapp do André.

Um homem passa.

Um casal passa, conversando.

- A possibilidade dela levantar e fazer as coisas é zero, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário